Página Inicial - AleaPágina Inicial
O que é...
S.O.S.
Perguntas frequentes
e-ALEA
Estatística divertida
Factos em números...
Biblioteca ALEA
Encontros ALEA
Ligações úteis
Mapa do sítio
Regista-te 
 
Calculadora
Glossário
Combinatória

actualidades

 

O TEMPO DAS CRIANÇAS 

Na sequência de uma iniciativa pioneira a nível nacional, e em articulação com as experiências internacionais no mesmo domínio, o INE divulgou, em 2001, os resultados do "Inquérito à Ocupação do Tempo - 1999". A recolha da informação, junto de uma amostra de cerca de 10 000 indivíduos, decorreu no último trimestre de 1999. Após o tratamento dos dados, obtidos através de um processo misto de entrevista e de auto-preenchimento de um "Diário", foi possível chegar a algumas conclusões, entre as quais, sobre a ocupação do tempo das crianças. Estas e outras conclusões estão referenciadas num estudo apresentado na “International Association of Time Use Researchers Conference”, o qual poderá ser consultado no endereço http://www.ine.pt

As actividades das crianças, dada a sua pouca autonomia, são em grande parte marcadas pelo contexto familiar. A estrutura temporal das actividades das crianças é assim, condicionada pela estrutura temporal dos adultos com quem vivem e, consequentemente, pela dimensão e tipologia da família, pela condição perante o trabalho e pelo nível de educação dos pais, etc.

O ritmo diário das actividades das crianças dos 6 aos 14 anos é profundamente marcado quer pelos cuidados pessoais como o sono, as refeições e a higiene, quer pelo estudo. O tempo que resta é ocupado principalmente em actividades de tempo livre e, de forma mais residual, em actividades domésticas.

Uma criança dorme, em média, cerca de 9 horas e 40 minutos e quase 2 horas são gastas em refeições e lanches. A duração do tempo que passa a mudar de roupa, a tomar banho e outras tarefas pessoais dura, em média, 47 minutos. À medida que as crianças crescem, as actividades de cuidados pessoais perdem importância, principalmente devido à redução na duração do sono.

A educação cobre um longo período do dia de uma criança, sendo em média de 6 horas diárias. Frequentar as aulas, fazer os trabalhos de casa, estar em outras actividades escolares e extracurriculares representa 25% do dia de uma criança, sendo a segunda actividade mais importante na ocupação do seu tempo diário.

As crianças têm mais de 5 horas disponíveis para gastarem em actividades de tempos livres, ou seja, actividades de lazer e actividades cívicas e religiosas, representando cerca de 22% do orçamento temporal diário. No entanto, a diversidade de actividades de lazer das crianças é relativamente reduzida. O tempo de lazer é claramente dominado pela televisão.

As tarefas domésticas e cuidados à família ocupam apenas 2,6% do tempo diário de uma criança. As crianças ajudam essencialmente na preparação das refeições, a pôr a mesa, a lavar a louça, bem como na arrumação da casa e nas compras. À medida que as crianças crescem a sua participação nessas tarefas aumenta, principalmente entre as raparigas.

À medida que as crianças crescem as suas preferências em termos de actividades de lazer alteram-se; brincar é parcialmente substituído por actividades que envolvem o uso de computadores, pelo desporto e por ouvir música.

Actividades de lazer (tempo médio e taxa de participação)

Nota:

- Os valores disponibilizados neste quadro são estimativas que resultam do um inquérito realizado por amostragem. Assim, sempre que a margem de erro associada (coeficientes de variação) das variáveis consideradas for superior a 25%, a informação não é apresentada pois não satisfaz os requisitos de difusão do INE.

[ página inicial | factos em números | dossiers e recursos | noções de estatística ]
[ noções de probabilidades | galeria virtual | estatística trivial | ligações úteis | escreve-nos ]